Estância de Guarujá - 57 Anos

Prof. Silvio Araujo de Sousa - E.E. Prof. Renê Rodrigues de Moraes


  Em 2006 a Estância de Guarujá completou 57 anos documentando a história da cidade
Estância de Guarujá - Ano I - Página 1
1949


Ao examinar as imagens da edição nº 1 do jornal a Estância, com seus respeitosos 57 anos pude verificar que em cada edição esta impressa passo a passo a evolução histórica da região e principalmente do antigo Itapema, os profissionais que escreveram os textos para o jornal, estavam lá no passado, vivendo o momento histórico, deixo aqui uma sugestão aos estudantes de História e Jornalismo, os 57 anos de um jornal regional como o Estância de Guarujá, é um excelente tema para a produção de um TCC, não só do ponto de vista da documentação histórica inserida nas páginas do jornal mas também do ponto de vista da resistência para suportar as pressões político e econômicas nos seus 57 anos.

Perfil Histórico e Geográfico da Região
Somente nas duas páginas da 1º edição destacamos informações que nos dão um perfil histórico e geográfico da região em 1949.
Estância de Guarujá, 1º edição domingo 25 de setembro de 1949, Ano 1 nº 1, Diretor Abílio dos Santos Branco, Secretário Hermínio Amado, Redator B. de Souza, Diretor Superintendente Prof. Alcides pacheco.
Pedido de assinatura em Guarujá poderia ser feita na Portaria localizada na estação do Tramway Elétrico e no Itapema com o Sr. Oliveira Filho na Rádio Cacique.

A cidade oferece um aspecto singular não só pela beleza arquitetônica de seus prédios residenciais pela imponência dos grandes edifícios resplandecente de seus logradouros ajardinados e cuidadosamente pavimentados com asfalto , mas, pela expressão exuberante régia da própria natureza.
As águas do Atlântico se apresentam aqui com uma tonalidade verde esmeraldina e as praias são de uma limpidez incomparável.
A cidade estende-se ao longo de três praias : da Enseada, das Pitangueiras e do Guarujá. Na Praia de Pitangueiras com cerca de 1000 metros de extensão fica a parte principal da orla: ocupa o centro o majestoso edifício do Grande Hotel, tendo a sua frente para o lado mar a praça da Bandeira e a famosa piscina boate Brasserie de La Plage , ao lado alinhando-se como se fossem guardas gigantes da orla oceânica, diversos prédios de 10 a 13 andares, cujos nomes representam em geral as encantadoras praias da ilha; Guaiúba, Monduba, Perequê, Pitangueiras, Guarujá e etc.

Personagens da História do Brasil
A cidade vista do Farol da Moela, tendo aos fundos os morros, do Botelho e da Glória , ambos locais históricos relacionados às famílias dos Andradas e de Vicente de Carvalho.
A região possui sua tradição, tendo sido motivo de lendas admiráveis . Constituiu em outros tempos no aconchego do terrível Cunhambebe, depois refúgio predileto de José Bonifácio e fonte de inspiração de Vicente de Carvalho.
A Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo já estava instalada em Guarujá , com 50 apartamentos privativos.
Para atender os turistas havia ônibus da viação Guarujá, autos de praça (aluguel) e charretes. O transporte de passageiros de Santos para o Guarujá é feito por dois meios a saber: a barca e Tramway elétrico mantido pela prefeitura e pela linha de ônibus da Viação Guarujá.

Administração Pública - Bons Tempos
Administração Pública em 1949, Prefeito: Sr. Abílio dos Santos Branco, Presidente da Câmara: Sr. Aurélio Sório, Vereadores: Sra. Celeste Stipanichi, Sr(s), Manoel Martins, Roberto Gelsomini, Herculies Bertoldi, Jaime Vasques, Paulo Paiva, Leôncio Camargo Filho, Francisco Arnaldo Gimenez, João de Souza, Lydio Martins Correa, Jaime Dagge e Rafael Vitielo.

O Bairro do Itapema
Na página 2, escreveu Oliveira Júnior sobre o Itapema, O bairro do Itapema conta atualmente com onze mil habitantes , possue um moderníssimo serviço de altos falantes e seu comércio desenvolve-se progressivamente , e enfim marcha para o progresso , onde surge como trampolins os seus estaleiros e o seu comércio ...
Ainda sobre o Itapema: Nesta edição de 1949 ,há referências a grilagem de terras , ... "o solo valoriza-se pela conglomeração de habitantes que se expuseram ainda há pouco ao surto malárico , só debelado graças ao serviço de profilaxia do governo". As terras aparentemente não tinham donos ... e o caiçara ingênuo é ludibriado.

Zé Vicente - o Zumbi da Atualidade
O texto faz referência também a Zé Vicente, do mocambo do Paicará, é o Zumbi da atualidade, sendo o mocambo do Zé Vicente o refúgio dos despejados e sem teto. Consta que Zé Vicente foi de cabeça erguida a presença do presidente Dutra.
O texto complementa, ... quando for erguido o monumento a Zumbi, escreva-se no seu pedestal, em relevo, também o nome de Zé Vicente, o Libertador do Paicará.

Fonte: www.estanciadeguaruja.com.br

Copyright © 2006 - http://www.guaruja1.xpg.com.brContato